Siga o observatório nas redes socias!!!

Geomorfologia

A Geomorfologia é a ciência que estuda as formas de relevo, sua gênese,composição (materiais) e os processos que nelas atuam. O relevo da superfície terrestre é o resultado da interação da litosfera, atmosfera,hidrosfera e biosfera, ou seja, dos processos de troca de energia  e matéria que se desenvolvem nessa interface, no tempo e no espaço.
As formas da superfície da terra são resultantes dos processos relacionados às suas dinâmicas externa e interna. Os processos morfogenéticos associados à dinâmica externa do planeta relacionam-se à água, dos ventos, da temperatura e dos organismos vivos(incluindo o homem) sobre as rochas, causando a sua desintegração, remoção e deposição por meio do processo denominado Intemperismo( agentes físicos, químicos e/ou biológicos) Quando uma determinada região apresenta uma geologia  resistente, o relevo tem condições de ser mais preservado perante às limitações geradas pelos agentes modeladores (exógenos).
A análise do relevo é importante não só para a própria Geomorfologia, mas também para as outras ciências da terra que estudam os componentes da superfície terrestre ( rochas, solos, vegetação e água), bem como na definição da fragilidade do meio ambiente e no estabelecimento de legislação para a sua ocupação e proteção.
Toda superfície terrestre (relevo) possui aspectos passados, presentes, gerados e modificados pela natureza e pelas ações do homem. As formas das paisagens é o elemento central dos estudos em geomorfologia, pois acredita-se que o resultado de uma paisagem é proveniente da dinâmica da litosfera.
Quem trabalha com pesquisas e projetos geomorfológicos necessita ter conhecimentos em Climatologia, Hidrografia, Pedologia, Glaciologia, Paleografia e demais ciências que possibilitem calcular impactos de origem biológicas, geológicas e antrópicas num determinado relevo.
Dentro da geografia, a geomorfologia abrange estudos da geografia física, da geografia humana e da geografia matemática. A geografia humana auxilia na análise a respeito dos desastres naturais ocorridos devido às relações entre o homem e o meio ambiente. A geografia matemática serve de base ao trabalho topográfico dos estudos.
A geomorfologia amadurece e surge como uma área de conhecimento a partir do século XIX, o meio dos estudos do pai da geografia americanca William Morris Davis, que também elaborou trabalhos em geologia.
Antes de Morris Davis, acreditava-se que todo relevo era resultado de uma catástrofe inicial, ele conseguiu demonstrar ao lado de outros geógrafos que a modelagem da superfície da Terra teria outras causas e origens. Morris Davis é autor da teoria do “ciclo geográfico” a respeito da criação e destruição da paisagem.

Sabe-se que o relevo de todo o planeta Terra apresenta depressões e saliências resultantes de eras geológicas passadas, tais saliências abrangem montanhas, planaltos, planícies, chapadasm cuestas e depressões periféricas.
Dentro da geomorfologia há campos de estudos específicos como a geomorfologia climática, que estuda as influências que o clima pode exercer sobre o desdobramento do relevo, em virtude da ocorrência de ventos e chuvas na modelação da superfície da Terra. Há também a geomorfologia fluvial em que se estuda a influência sofrida nos relevos em virtude da dinâmica dos rios. A geomorfologia de encostas estuda a acomodação, estabilidade e condicionamento da base de montanhas e encostas.
A respeito dos ventos, a geomorfologia eólica estudos todos os processos dos mesmos quando são predominantes em determinadas áreas, como por exemplo, em regiões costeiras. A geomorfologia glacial estuda a inter-relação entre as formações geradas pelas geleiras, com visão interdisciplinar apoiada na Glaciologia. Referente à erosão e existência de picos, vales, baías e promontórios (cabo de uma elevada montanha) em determinada área há o estudo em geomorfologia estrutural que tem como objetivo estudar a influência dos processos geológicos na evolução de um relevo.

Referências Bibliograficas:
Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais_ autora Teresa G. Florenzano
http://jasper.rc.unesp.br/corumbatai/vd/cp07/7.5.htm


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.